Ano 2013
Privatização da EGF é injustificável e danosa PDF Imprimir e-mail
04-Fev-2014

131212_campanharesiduos-imagempetio-web.jpg STAL APELA À OPOSIÇÃO DOS MUNICÍPIOS

Numa carta enviada, dia 3 de Fevereiro, aos presidentes das câmaras municipais, o STAL salienta que nada justifica a privatização da Empresa Geral do Fomento (EGF) e que a sua concretização representará um rude golpe contra os interesses das populações e do País, que assim perderá o controlo de um sector estratégico, determinante para a coesão social e económica do território e a qualidade de vida das populações. A EGF é uma empresa equilibrada e sustentável financeiramente. 

Na missiva, o Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local lembra que «a EGF é um grupo rentável, com lucros acumulados nos últimos três anos na ordem dos 62 milhões de euros, movimentando anualmente perto de 170 milhões de euros».

Ler mais...
 
Tribunal condena C.M. de Coimbra PDF Imprimir e-mail
31-Jan-2014

130315_drcoimbrasite.jpg TRABALHADORES VENCEM ACÇÃO

A Câmara Municipal de Coimbra foi condenada em ação interposta pelo STAL, no Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra, em representação dos trabalhadores seus associados da Divisão de Ambiente - Sector Higiene e Recolha.

Em causa está uma decisão unilateral da Assembleia Municipal de Coimbra, que obrigou os trabalhadores daquela divisão a trabalhar 3,5 horas semanais além do seu horário legalmente estabelecido, no período compreendido entre Janeiro de 2007 e Junho de 2012.

O Tribunal veio agora dar razão aos trabalhadores que há 1 ano e meio aguardavam resposta aos requerimentos entregues na Autarquia. O valor das indeminzações estará na ordem dos 500.000€, correspondentes ao trabalho extraordinário prestado.

 
Assinatura de ACEEP com o Município do Alandroal PDF Imprimir e-mail
29-Jan-2014

image00006.jpgO PRIMEIRO ACORDO COLECTIVO ASSINADO NO DISTRITO DE ÉVORA

No passado dia 29 de Janeiro, foi assinado o Acordo Colectico de Entidade Empregadora Pública com o Município do Alandroal que desde cedo manifestou total disponibilidade para a sua negociação, visando repor direitos conquistados ao longo de décadas, dos quais se destaca o direito às 35 horas semanais de trabalho.

O sucesso alcançado, mantendo as 35 horas semanais de trabalho, através da celebração de acordos com um grande número de autarquias, constitui mais um importante passo na luta dos trabalhadores, na defesa dos seus direitos, contra o governo PSD/CDS e a política de direita.
 
Activistas do STAL na Secretaria de Estado da A. P. não abandonam o local até ser marcada reunião PDF Imprimir e-mail
29-Jan-2014

_mg_0031_net.jpgSTAL MANTÉM LUTA PELAS 35 HORAS

Três dezenas de activistas sindicais do STAL estão concentrados na Secretaria de Estado da Administração Pública, não abandonam o local enquanto não forem recebidos ou agendada uma reunião com o Secretário de Estado.

13h00 - Activistas abandonam a Secretaria de Estado após agendamento de reunião para o próximo dia 13 de Fevereiro.

 

Ler mais...
 
Activistas sindicais do STAL exigem agendamento de reunião com o Secretário Estado da A. Pública PDF Imprimir e-mail
29-Jan-2014

Activistas sindicais concentram-se hoje, 29, pelas 11h00, na Secretaria de Estado da Administração Pública, exigindo a marcação imediata de uma reunião, pedida no início de Janeiro.

Ler mais...
 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 28 - 36 de 232
SEDE NACIONAL
Lisboa

Rua D. Luís I, 20 F
Tel: 210958400 | Fax: 210958469
Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail
©2012 STAL, todos os direitos reservados.