Dia Nacional de Luta
16-Jan-2014

CONTRA A EXPLORAÇÃO E O EMPOBRECIMENTO

Ver locais de concentração

Portugal está no terceiro ano de imposição do “memorando da troica”, autêntico programa de agressão aos Trabalhadores, ao Povo e ao País.
Os seus resultados conduziram-nos à recessão económica, ao aumento da exploração, ao empobrecimento, à perda de soberania, ao aumento da dívida, à destruição de mais 700 mil postos de trabalho, ao encerramento e redução de serviços, a mais de 1 milhão e 400 mil desempregados, ao empobrecimento dos diritos e da democracia.

A cada novo pacote de sacrifícios e cortes, o resultado é o aumento da dívida. A dívida e os juros atingiram montantes que tornam impossível o seu pagamento.

Sábado, dia 1 de Fevereiro LUTAMOS 

  • Contra os cortes das pensões e dos salários
  • Pela revogação das medidas gravosas da legislação laboral, a reposição dos direitos retirados e dos roubos efectuados aos salários e pensões
  • Pelo aumento dos salários, com uma actualização não inferior a 4,5 %, com aumento mínimo de 30 euros mensais (1 €/ dia)
  • Pela actualização do Salário Mínimo Nacional para 515 euros, com efeitos a partir de 1 de Janeiro de 2014
  • Pelo aumento das pensões de reforma, pela eliminação da contribuição extraordinária de solidariedade
  • Contra o aumento da contribuição para a ADSE para os 3,5 %
  • Pela defesa e melhoria das Funções Sociais do Estado, contra o guião para a reconfiguração e destruição do Estado
  • Por mais e melhores serviços públicos, contra as privatizações e o encerramento de serviços essenciais ao bem-estar das populações
  • Por uma política fiscal que desagrave os impostos dos trabalhadores e pensionistas, combata a fraude e evasão fiscal e taxe os lucros do capital
  • Pelo respeito da Constituição da República Portuguesa e a defesa do regime democrático
  • Pela demissão do Governo e convocação de eleições antecipadas


Ver comunicado

Ver cartaz