Trabalhadores concentraram-se à porta da Câmara Municipal de Coruche
21-Dez-2009

LUTA PELA VALORIZAÇÃO SALARIAL

Os trabalhadores da Câmara Municipal de Coruche concentraram-se, no dia 18 de Dezembro em frente aos Paços do Concelho, a partir das 8:30 horas, para exigirem do Presidente e Executivo camarário a aprovação de medidas que valorizem a sua evolução profissional, designadamente pela opção gestionária.

Os trabalhadores da Câmara Municipal de Coruche, numa acção de protesto, realizada no dia 18 de Dezembro, exigiram da autarquia que esta tome medidas no sentido de valorizar a sua situação profissional através da aplicação do previsto na lei, «opção gestionária», para a mudança de posicionamento remuneratório.

A aplicação desta norma, pode resolver em parte os efeitos devastadores introduzidos pela aplicação da nova legislação, da perca do poder de compra dos trabalhadores da Administração Pública que se tem sentido nos últimos anos e do congelamento de escalões e valorizaria todos aqueles que, pese embora reunissem as condições necessárias, muitas vezes estivessem já no desempenho efectivo de funções, não foram alvo de reclassificação ou promoção até 31 de Dezembro de 2008.

O STAL considera que esta reivindicação é justa e que a autarquia tem o dever de reconhecer este direito aos trabalhadores e não aceita a posição intransigente do executivo camarário de não aplicação desta medida o que cria, potencia e aprofunda a discriminação e a desigualdade entre trabalhadores.

O STAL, em conjunto com a Comissão Sindical e os trabalhadores, continuará a bater-se a todos os níveis pela valorização profissional e salarial dos trabalhadores da Administração Local e não deixará de continuar também a lutar por esta medida nesta autarquia e em todas aquelas que ainda a não aplicaram.

icon 17-12-2009 - Comunicado População - Trabalhadores C.M. Coruche exigem valorização salarial (125.65 kB)