Manifesto sobre o memorando da «troika», as eleições e a luta dos trabalhadores
17-Mai-2011

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA SEXTA-FEIRA, 20 DE MAIO

O STAL realiza no próximo dia 20, sexta-feira, uma Conferência de Imprensa na sua Sede Nacional (R. D. Luis I, n.º 20, Lisboa), às 12.30 horas, com o objectivo de anunciar um Manifesto sobre a luta dos trabalhadores, o memorando assinado com a «troika» e as eleições legislativas de 5 de Junho.

O Manifesto, que está já em discussão junto da estrutura sindical e será apresentado à Direcção Nacional do STAL que reunirá durante a manhã do dia 20 de Maio, pretende afirmar as principais questões reivindicativas dos trabalhadores do sector face às medidas constantes no memorando negociado entre o Governo Português, o PS, o PSD e o CDS e a chamada «troika» composta pelo Fundo Monetário Internacional, o Banco Central Europeu e a União Europeia, bem como o posicionamento do sindicato em relação às eleições legislativas de 5 de Junho.

Para além das medidas penalizadoras dos trabalhadores e da população em geral, nomeadamente no âmbito dos salários, das pensões, dos direitos laborais e sociais, dos impostos e das privatizações, o STAL enfatiza ainda com particular preocupação o anúncio da redução do número de autarquias e de trabalhadores, a privatização do grupo Águas de Portugal e o aumento da precariedade, pelo que anunciará também algumas iniciativas que irá levar a cabo em torno dessas matérias.