STAL comemora 37 anos de vida e luta pelo emprego, salários e serviços públicos PDF Imprimir e-mail
24-Ago-2012

DERROTAR A OFENSIVA ANTI-SOCIAL PARA SAIR DA CRISE

No dia em que o STAL – Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local comemora 37 anos da sua fundação, em 24 de Agosto de 1975, a Direcção Nacional saúda os associados, bem como todos trabalhadores portugueses, e apela à unidade e coesão em torno das suas estruturas representativas para fazer frente e derrotar a mais violenta ofensiva de que há memória contra os direitos e conquistas sociais alcançados com o 25 de Abril de 1974.

Sindicato nascido na sequência da Revolução dos Cravos, o STAL orgulha-se do seu passado e presente de luta abnegada na defesa dos direitos dos trabalhadores, do Poder Local Democrático e dos serviços públicos, que tanto contribuíram para a redução das assimetrias regionais, para o aumento do bem estar da população e para o desenvolvimento do País em geral.

Este rico património, construído no dia-a-dia com os trabalhadores, reforça-nos a convicção e a confiança de que a nossa sua luta, convergente com os interesses e aspirações das amplas camadas da população, acabará por travar e derrotar as políticas anti-sociais do actual Governo PSD/CDS-PP, libertando o País da intervenção estrangeira e reabrindo o caminho para a construção de uma sociedade mais justa e igual, seguindo os valores de Abril.

Um sindicato reivindicativo e solidário

Com cerca de 50 mil associados, o STAL é um dos grandes sindicatos portugueses, representando os trabalhadores da Administração Local e Regional, bombeiros, escolas e jardins de infância, empresas municipais ou privadas concessionárias de serviços públicos locais.

Com firmeza, determinação e em coerência com os seus princípios de sindicato de massas, reivindicativo e solidário, o STAL tem desempenhado ao longo destes 37 anos um papel de vanguarda na defesa dos direitos individuais e colectivos, procurando sempre de forma responsável a via do diálogo e da negociação, sem contudo abdicar das formas de luta que constituem a principal arma dos trabalhadores

Os intensos ataques aos direitos laborais e sociais, ao poder de compra e ao emprego exigem que os trabalhadores reforcem a unidade, coesão e organização das suas fileiras, única forma de enfrentarem uma ofensiva que visa subjugar o Poder Local Democrático, destruir e privatizar os serviços públicos locais, precarizar as relações laborais e privar as camadas mais desfavorecidas da população de bens e serviços essenciais.

O STAL condena com veemência as políticas seguidas pelo actual Governo, que estão a empobrecer o País e os portugueses, lançando no desemprego exércitos de trabalhadores, sobrecarregando a população com impostos e sucessivos aumentos de preços, numa espiral que arrasta a economia para uma profunda crise e recessão, sem fim à vista.

O Sindicato manifesta a sua total oposição aos processos de privatização em curso, designadamente nos sectores da água, saneamento e recolha de resíduos e limpeza urbana das autarquias, alertando para os graves impactos para as populações e trabalhadores.

Condenando as políticas privatizadoras, o STAL apela aos trabalhadores e às populações, que são as suas principais vítimas, para que se mobilizem em defesa da gestão municipal dos serviços públicos locais.

O STAL apela à luta por uma política que garanta:

● O fim das privatizações de serviços públicos locais.
● A remunicipalização dos serviços privatizados e empresarializados, salvaguardando os postos de trabalho e promovendo a valorização dos trabalhadores.
● O reforço do controlo democrático, transparência e participação das populações na gestão dos serviços públicos locais.
● A melhoria e aumento do número de serviços públicos municipais, dotados de meios financeiros, humanos e técnicos, para dar resposta às necessidades e anseios das populações.
● A proximidade dos serviços como factor de coesão económica e social do território nacional.

Poder Local, serviços públicos, direito ao futuro!
Esta é uma luta é de todos!

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >

SEDE NACIONAL
Lisboa

Rua D. Luís I, 20 F
Tel: 210958400 | Fax: 210958469
Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail
©2012 STAL, todos os direitos reservados.