Combater a política anti-constitucional do Governo
11-Jan-2007

PLENÁRIO NACIONAL DA FRENTE COMUM

Cerca de 500 activistas sindicais da Frente Comum, reunidos ontem num Plenário Nacional, reafirmaram a sua determinação em lutar contra as medidas do Governo, no âmbito da reestruturação da Administração Pública, que consideram anti-constitucionais.

No encontro, que decorreu em Lisboa, foi aprovada uma resolução onde é anunciada a participação na Manifestação Nacional da CGTP-IN do dia 2 de Março, que pretende reunir os sectores público e privado num grande protesto.

A Frente Comum comprometeu-se ainda a empenhar-se no esclarecimento e na mobilização dos trabalhadores da Administração Pública para a luta, nomeadamente através do Fórum «Administração Pública – Património do País», que irá decorrer no dia 22 de Fevereiro.