Manutenção do roubo dos subsídios coloca o poder político fora da lei
13-Jul-2012

RESOLUÇÃO DA COORDENADORA DA FRENTE COMUM

A Coordenadora da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública agendou para dia 26 de Julho uma concentração de delegados e dirigentes sindicais frente ao Ministério das Finanças, apela à participação na quinzena de luta da CGTP-IN e considera que a declaração de inconstitucionalidade dos roubos dos subsídios de férias e de Natal colocam em situação de fora da lei Governo e Presidente da República, bem como o próprio Tribunal Constitucional que, apesar da decisão tomada, permite a manutenção dos cortes no ano de 2012.

Ver resolução